Entendemos aqui um ponto importante, que é Orí quem determina seu estado de perfeição, então, é Orí quem chega a procurar o oráculo, pois, o oráculo é uma ferramenta para todos nós. Todos aqueles que não consultaram Ifá no céu, é porque, não irão consultar na terra, esse é o caso por exemplo, de Oriseku, que não se vê ele realizando ębǫ na terra.

Muitos personagens, que procuraram um babalawo no céu para consultar Ifá e não realizaram a oferenda, é porque poderia entrar em desgraça rapidamente na terra, se caso ocorresse, não seria fácil de resolver muitos problemas rapidamente, nosso capítulo anterior é bem explicito quanto Jakuta, filho de Sango, ou, quando lembrar que Ǫlǫdumàrę chegou a realizar ębǫ para ter vida longa. (Capitulo da Escola de Ifa)

Um verso de Ate gbe (Irete na direita, Ogbe na esquerda) relata a importância de um ebo, de como ele deve ser orientado, como as mensagens de Ifa se tornam realidade. O mais importante, é saber que vários povos de várias etnias já conheciam Ifá do céu à terra, esse a seguir é um exemplo do Patrimônio Imaterial Oral

Ágba pirá pirá

Babalawo alapètè

Lo difa fun alapètè

Nijó ti t`òrun bó wa`lé àyé

Wón ni o rúbǫ

Ko`lé bàá ri nri kan mú dé nibé

O kó béé ni òhun o rubǫ

Ágba pinrin pinrin

Babalawo Onílaba

Lo difa fun Onílaba

Nijó ti t`òrun bó wa`lé àyé

Wón ni o rúbǫ

Ko`lé bàá ri nri kan mú dé nibé

O kó béé ni òhun o rubǫ

Àgbà ni yò şóşó ni yò şóşó

Babalawo Alápó Agbira

Lo difa fun Alápó Agbira

Nijó ti t`òrun bó wa`lé àyé

Wón ni o rúbǫ

Ko`lé bàá ri nri kan mú dé nibé

Ó şi gbebǫ nbè ó rubǫ

Wǫn wò talapètè wǫn ori nkankan

Wǫn wò Onilaba wǫn ori nkankan

Baba Alapo Agbira lo midùn yo ntié ló yò lólóóló

Oun nikan ni nbé lèyin tò rubǫ

Bábá alápètè ó láá pè ǫmǫlé

Bábá onilaba láá pè igbagbó

Bábá alápo agbira láápe Ifá

Ta ni nbé lèyin to le dòdòodo?

Baba alápo agbira

O rúbǫ nigboyin ó rubǫ

Baba alápo agbira

Agba pira pira

O babalawo de Alapete

Consultou Ifá para alapete

No dia que estava vindo do céu à terra

Lhe disseram que oferecessem sacríficio

Para que assim tivesse algo consigo na terra

Porém seguiu adiante e não ofereceu

Agba pinrin pinrin

Babalawo de Onilaba

Consultou Ifa para Onilaba

No dia que estava vindo do céu à terra

Lhe disseram que oferecessem sacríficio

Para que assim tivesse algo consigo na terra

Porém seguiu adiante e não ofereceu

Àgbà ni yò şóşó ni yò şóşó

O babalawo de Alapo Agbira

Consultou ifa para Alapo Agbira

No dia que estava vindo do céu à terra

Lhe disseram que oferecessem sacríficio

Para que assim tivesse algo consigo na terra

Ele ouviu e ofereceu

Eu olho o que contém na bolsa de Alapete

Eu olho o que contém na bolsa de Onilaba

Dentro da bolsa de Alapo Agbira saiu muitos itens atrativos

O pai foi o único que ofereceu o sacrificio

Alapete é o nome que damos aos muçulmanos

Onilaba é o nome que damos aos cristãos

Alapo Agbira é o nome que conhecemos Ifá (Orunmila)

O que saia do fundo com muita atração?

Alapo Agbira

Realizou o sacrificio dali em diante

Alapo Agbira

Este verso acima expõe além da importância do ebo, nosso comprometimento quando vamos consultar um oraculo de Ifá. Alapo Agbira veio a ter mais conhecimento, conheceu vários povos antes de vir do céu a terra. Ele reconheceu quem iria procura-lo e os outros povos (etnias) achariam melhores soluções quando o procurasse. Se todos nós estudamos profundamente todas as outras religiões, veremos que são poucas religiões que oferecem sacrificio, ou, oferecem muito menos, para termos mais opções, salvo a salvação divina.

Babalawo Ifadayo Orisatalabi Akinkanju Adetooyangan Elebuibon

About the author